Quem Somos

A construir sonhos desde 1993

A Mood4wood - Soluções de Construção, S.A. (M4W) foi criada em 2012 por Carlos Brandão Rodrigues (CBR) com o intuito de ser uma empresa de representação da marca Velharias de Janas (VJ), empresa de referência no design e construção mobiliário de luxo em madeira maciça em Portugal bem como na transformação de peças antigas, projetos de arquitetura de interiores e projetos personalizados de casas em madeira bem como a sua construção de A a Z. Dedica-se também à reabilitação de casas antigas ou à construção de novas casas.

A história da Mood está intimamente ligada à história da Velharias de Janas. Assim, para se perceber como a Mood veio parar a Janas, é necessário saber como a Velharias de Janas veio parar a Janas e como nasceu:

 

Desde os 16 anos de idade que CBR negociava em velharias, como hobby e paixão, ao mesmo tempo que estudava, comprando peças que mandava restaurar e voltava a vender a antiquários e mais tarde em feiras de antiguidades, no Convento do Beato, Fórum Picoas, etc.. Em 1993, CBR alugou um armazém em Janas, que um antiquário queria deixar, abandonou o curso de Economia que estava a tirar e dedicou-se exclusivamente à recuperação e restauro de peças antigas. Janas foi um acaso!

Apaixonou-se pelas lojas antigas, pelas mercearias, pelas farmácias, pelas antigas retrosarias com grandes balcões e depressa começou a comprar e recuperar muitas destas peças, transformando-as e dando-lhes outra função, como elegantes bibliotecas, armários de cozinha, etc..

Foi convidado a participar na primeira feira de Antiguidades com apenas 24 anos, sendo o participante mais novo naquele meio. Criou nessa altura um stand muito diferente do habitual usando para isso partes de lojas antigas que tinha recuperado, dois grandes arcos em madeira que comprou na demolição do antigo casino de Lisboa, marcando a entrada do stand entre outras peças, sempre em madeira de casquinha. Foi um enorme sucesso e vendeu praticamente tudo!

Numa das feiras seguintes, sempre dentro deste estilo de peças em casquinha, originais e readaptadas, uma cliente perguntou-lhe, olhando para aquelas peças, se ele lhe conseguiria fazer uma cozinha com aquele estilo e aspeto. Foi o primeiro grande desafio: começar a construir mobiliário em madeira maciça de casquinha. Aceitou-o e desenhou e projetou a primeira cozinha da VJ, que partia de um enorme armário de uma farmácia que tinha comprado em Ferreira do Alentejo, e desenvolvia-se depois com vários armários novos, feitos com madeira antiga comprada em demolidores de Lisboa. Iniciava-se assim uma nova área de trabalho na VJ: Design e construção de cozinhas em madeira maciça antiga de casquinha. Das cozinhas passou aos closets personalizados, aos armários de casa de banho, bibliotecas, espaços públicos, onde se destaca o primeiro Bar Irlandês “Celtas Iberos “nas docas em Lisboa, entre outras dezenas de espaços um pouco por todo o país e fora dele, nomeadamente em Bruxelas, Paris, Orleães, Madrid, Amesterdão, Luanda etc.. No entanto, foi para particulares que desenvolveu o seu criativo trabalho, posicionando-se sempre num nicho médio-alto do mercado, tendo sido convidado muitas vezes a projetar e construir cozinhas, bibliotecas, closets, garrafeiras, para várias figuras públicas que geriu sempre com grande descrição.

Foram escritos dezenas de artigos sobre a VJ ao longo dos 23 anos da sua existência. O Jornal Expresso chegou, num artigo sobre CBR, a chamar-lhe o “Costureiro da madeira”.

Ao longo desses anos CBR aperfeiçoou e desenvolveu o seu estilo e design muito próprio, sendo responsável pela criação de algumas peças e estilo facilmente identificado.

Chegou a contar com 70 empregados, distribuídos pela fábrica, equipas de montagem, designers, administração, entre outros.

Como se costuma dizer a história repete-se e, em 2009, CBR volta a receber um convite de uma antiga cliente para lhe construir uma casa em madeira na Herdade da Comporta. Convite aceite. Vários meses de trabalho e de pesquisa depois, nasce a primeira casa VJ na Herdade da Comporta. Depois desta foram projetadas e construídas mais sete e presentemente a empresa encontra-se a construir um empreendimento no Mussulo, em Angola.

Logotipo da Mood4wood - Soluções de COnstrução, S.A.

© 2016 Mood4wood, S.A . DLG